segunda-feira, março 28, 2011

Inter(dito)

Tendência inata para levantarmos a voz sempre que não nos sentimos entendidos. Para copiarmos ingenuamente sotaques num embaraço inevitável que nos leva insconscientemente a achar que seremos melhor interpretados. Percebo cada vez mais que nos meandros do inaúdivel chegamos mais facilmente á comunhão da comprensão. "... quando possível usar as mãos em vez de métaforas..." relembro. Falemos então (sempre) com os olhos sim?

3 comentários:

pontodeluz disse...

Muito bom... É aí que realmente nos encontramos... E às vezes até dizemos mais do que queriamos... ;)

An@ disse...

Tão tu :)

*obrigada por manteres o nosso cantinho "alive" * gmdt, Mariota

Marcelleee disse...

Fica subtendido nas entrelinhas daquilo que realmente nos queremos passar.bju