terça-feira, novembro 27, 2007

Acordo...


Não encontro a minha camisola preferida, sabes, aquela que tinha a alma perfeita…
Nunca a cheguei a encontrar…

As lentes que uso estão demasiado embaciadas… Não distingo sombras ou formas autênticas, nem mesmo os movimentos acertados...

Não posso esquecer o constatar da inevitável perda do momento. Não és meu… Nunca ninguém o será… Nunca o foste…
Nem mesmo agarrado à ilusão…

Ass: A menina que não tem a camisola e não encontra os sapatos. Sim, aqueles que sabem o caminho da realidade!

2 comentários:

Advocat disse...

dadfic abgotie darnieo forkij. poüse ir ugttein dameniuo

...

Tão perceptivel como o teu post. A diferença é que gosto mais da tua escrita.

Beijos

Maria disse...

Vamos por pontos ( já vi isto em algum lado =)):

Ponto 1: era a minha veia poetica a funcionar.

Ponto 2: ninguém disse que era para se perceber.

Ponto 3: fico contente pq se a reinvidicação só vem neste post quer dizer que todos os outros são perceptiveis =).

Ponto 4: Não me apeteceu ser explicita =)( e com isto prometo não voltar a utilizar o termo "apetecer" nos próximos tempos).