sábado, maio 16, 2009

Parti...

“O mundo é um lugar demasiado grande para se perder a perspectiva; a vida demasiado rica para lhe voltarmos as costas. Recentemente, seguido de uma série de acasos que resolvi apelidar de “milagres”, recomecei a viajar. Como toda a gente, apanhei muitos aviões e comboios nos últimos anos; não é disso que se trata. Trata-se de o ter feito, ao fim de tanto tempo, de olhos abertos e sem a espada de Dâmocles sobre a cabeça. E, quando regressei, percebi que me era impossível regressar.

Que, até ao fim da vida, era isto que eu queria fazer: viajar todos os dias. Mesmo estando quieto, mesmo atrás da mesma secretária escrevendo as mesmas palavras às mesmas intermináveis horas; estarei eternamente em viagem. Porque já perdi demasiado tempo, vou ao armário buscar as minhas malas surradas e velhinhas; vou comprar um bilhete para a vida; e, depois, cheio de esperança e de coragem, vou entrar em cada avião que passa como se só houvesse um sentido, como se nunca se chegasse a parte alguma, como se a viagem fosse na realidade o destino porque todos os dias são dias de partida.”

João Tordo


Estou de partida...porque todos os dias são dia de partida...

3 comentários:

Anónimo disse...

Maria tenho saudades tuas!
Gostava de estar contigo!
bjs
Até breve (espero)
raquel

Tchi disse...

Boa viagem, sempre para a vida, que a vida é uma viagem.

Abraço até sempre.

An@ disse...

:)

boas viagens!!! até breve!

*beijinho, gmdt, mana