domingo, outubro 21, 2007

Tragédia





“ Toda a gente sabe a mesma verdade sobre a vida; e as nossas vidas consistem em escolher maneiras diferentes de distorcermos essa verdade.
É isso. Todos sabemos o mesmo, mas cada um distorce esse saber à sua maneira: há quem se torne religioso e pense que essa é a grande solução, há quem queira ficar famoso, há quem pense levar a sua vida só com sensualidade e prazer, outros que só procuram o poder político... Mas, no fundo, todos os comboios vão dar ao mesmo sítio. E não é um belo sítio. Não é um sítio que nos faça felizes quando pensamos nele. Portanto, o guião das nossas vidas é trágico. E toda a gente procura uma estratégia para não pensar muito nestas coisas. Autores como Freud, Nietzsche, O'Neill sentiam que uma grande dose de realidade implicava demasiada dor para cada um de nós. É muito importante continuarmos a enganar-nos a nós próprios. Temos as nossas estratégias: distraímo-nos com uma relação amorosa, distraímo-nos a ver televisão…Qualquer coisa que nos impeça de pensarmos em que situação estamos metidos. E inventamos problemas triviais para nos entretermos.”


Woody Allen
(a propósito de considerar que a vida é trágica para todos e que não há distinção entre a comédia e a tragédia.)

Em suma, ando a precisar de distrair-me… =)

3 comentários:

palmo&meio disse...

Agora sim terás (teremos) mais tempo para distrações :)

An@ disse...

bem, k dzr? gostei e encaixei em mt...

distracção é a solução p mais tarde*

é bom ter-te aqui assim... tão tu!

*

Surpresa disse...

É preciso distrairmo-nos e quando não o sabemos fazer, há sempre quem nos faça distrair... Isso é bom e sabe bem:)
Boa, parceira!
Obrigada por também me distraires...