sexta-feira, julho 27, 2007

Neste momento

Os dias vão passando e tanta coisa que ficou para trás, tanto tempo que voou e não vi passar bem à frente dos meus olhos e das minhas palavras e sensações.
As saudades têm ficado, apesar da frieza daquele momento estranho mas com um pouco de delícia entre gémeas... foi isso que lhe deu o brilho todo e fez valer a pena. Isso e os abraços e sorrisos dos que partilham o mesmo chão e o mesmo desejo de um regresso sonhado e desejado a cada dia que vai passando e a cada ano que se conta a mais no calendário.

Apesar de tudo a luta contra os dias e a entrega por aquilo que fico a fazer tem feito sentido. Por entre forças, pó, viagens, olheiras, falta de fôlego e cansaço estupidamente incontrolável... ando por aqui e por ali, a entregar o que posso e não posso ao que me foi fazendo ser alguém e crescer com os outros. Aquilo que me deu a "estaleca" para conseguir aquilo que consigo e aprender com as pessoas e os momentos que me passam por entre a pele e a alma.

Cá estou, com coisas de última hora que me enchem o coração mas aos quais tenho que ser racional e dizer que não por muito que todo o corpo e ligações digam que gostaria de pegar na mochila e seguir em frente contra todos os limites do corpo. Entrega-se os braços, e a disponibilidade, a amizade e a companhia... o serviço;)

Agora, últimos retoques e a poucos dias de dar um mergulho de cabeça ... fico à espera de me encontrar no sítio, nas pessoas... em mim! Acredito que o tempo que resta só me dará mais vontade de correr até me rebentar de sorrisos e serviço para aqueles que também têm o seu valor, desejos, ansiedade, gosto, ... tudo!!!

Em tudo amar e servir
Esperar que seja assim...
A contar o tempo...
A sorrir por entre tudo o resto! *

1 comentário:

mp disse...

o tempo passa sempre a correr...e pode parecer contraditório..mas as coisas duram apenas o tempo necessário para que sejam inesqueciveis...mas mesmo que isso pareca impossivel..pensa nas saudades que afinal sentes e podes comprovar que se sentes saudades é porque o passado valeu bem a pena!!...cada dia um degrau, cada degrau uma conquista..cada conquista leva o seu tempo..por mais tempo que tenhas perdido em "nada" acabas por encontrar algo infinitamente valorizado..basta fazeres como o costume..."VER COM OUTROS OLHOS!"...(sim...isso é estranho...mas pode ser que ajude!..)

o maior desafio é encontramor-nos depois de perdidos..e saber o que queremos depois de encontrados...a melhor forma de viver o tempo do futuro e começar a VIVER o presente, pois o és agora deriva do que fizes.t no passado...o que serás um dia depende do que fizeres agora, se tens sonhos, porque perder tempo neles??..quando se quer tem-se tempo..e quando o tempo é "perdido" no que se quer..>>VALE A PENA!

O "serviço"(trabalho/obrigações) é uma perda de tempo..mas perde tempo COM O "SEVIÇO"...o amar que falta vem do Patrão...(em tudo amar e servir!)