quarta-feira, dezembro 05, 2007

Porque sim!





Gosto daquelas vezes em que nos sentamos, encostadinhos uns nos outros para cabermos todos, que nos deixamos envolver pelas mantas de trapos e que nos descalçamos no sofá grande com a luz apagada e um ecrãn enorme à frente.
Todos juntos!

Gosto quando estamos mais tempo para escolher o filme do que a duração completa da película, com a parte final da descrição dos autores e tudo!
Gosto quando todos dão a sua opinião, uns dizem que já viram, outros não, outros que querem ver, outros não, outros que preferem comédias, outros filmes de acção e outros que imploram por um drama daqueles fortes. Uns que dizem que “aquele” filme é que é mesmo bom e outros que argumentam não fazer o seu género…

Gosto quando chegamos a um consenso (se lhe podemos chamar isso, quando olhamos para a cara de contrariado de alguns!)
Gosto quando começamos a ver um filme e passados dez minutos somos obrigados a trocar de filme porque realmente a outra opção parece-nos melhor!
Gosto quando fazemos isso pela terceira vez consecutiva…

Gosto quando começa o som inicial e já estão prontas um conjunto
de bocas que trocamos uns com os outros e que ligam o filme e as vidas
de cada um, à sua vez…
Gosto quando, de repente olhamos para o lado e o nosso companheiro já dorme um sono profundo e acorda espantado fazendo perguntas que distraem e fazem perder a paciência de alguns espectadores mais embrenhados…
Gosto de quem responde com calma explicando os pormenores tal como os entendeu..

Gosto quando uns fecham os olhos nas cenas mais impressionantes, outros arregalam o olhar em tom de admiração e outros fixam-se na cena como se se tivesse chegado ao clímax do filme…
Gosto de ver um filme, assim, em quatro horas…
Gosto quando o vemos todos juntos…

Sobretudo Gosto de trocar o silêncio de um cinema por momentos destes… Porque sim!

4 comentários:

Maria disse...

A propósito lembrei-me:

“ Um rapaz e uma rapariga que não gostem dos mesmos filmes mais tarde ou mais cedo vão-se separar. Se ele gostar de futebol e ela de Beethoven tudo bem, pode-se conciliar isso. Mas se não gostam dos mesmos filmes, estão condenados.”

Jean-Luc Godard

Maria disse...

Pelo sim pelo não, deixo aqui uma lista, daqueles filmes que me lembro no momento dos mais comerciais e os mais alternativos, sem qualquer ordem de importância…


O fabuloso destino de Amélie
E.U.A de Leland
Inocente ou culpado
Sleepers
A raiz do medo
Seven
Kiss Kiss Bang Bang
A vida não é um sonho
Gritos em silêncio
Os amigos de Alex
Big fish
Jovens Rebeldes
Antes do amanhecer
Run Lola, run (pelo conceito)
Clube dos poetas mortos
América proibida
Heróis imaginários
Dragão vermelho
Saw
A vida é bela
Forrest Gump
Amor ou consequência
Garden State
Irreversível
Amor cão
2046
Dogville
Cinema paraíso
Colisão


Já agora, Carlos Tê também dizia na canção de Rui Veloso, “ não se deve gostar de alguém que não ouve a mesma canção”. =)

A lista de músicas deixo para depois…

Ana Neves disse...

Olá, amiga!

Este teu post traz-me à memória uma noite de sábado bastante familiar e agradável.

Gostei muito que também estivesses presente. :)

Beijinhos e que noites assim se voltem a repetir e claro na tua companhia!

Cecília disse...

Que retrato tão fiel...Só tu para pores as nossas noites em palavras tão simples e sinceras...E já agora:quem adromece sempre é uma companheirA:EU!!ainda bem que gostam de mim assim ;)
Bjitos