segunda-feira, janeiro 19, 2009

Época de Saldos

Os saldos!!

Mil e umas quantas pessoas a "sariquitar" para a frente e para trás, à procura das quedas de preços nas peças que tinham visto mas eram mesmo caras e, agora, pufff, baixaram e é a melhor época para adquirir e arriscar comprar.

A vida com saldos... questiono-me seriamente que saldos poderia ter a vida. Haver uma época "pré-determinada" para se conseguir alguma coisa com um custo mais baixo (custo implica aqui um esforço, uma consequência, ...). Correr um risco mais baixo porque agora, está em saldos, custa menos dar X por isto ou por aquilo.

Acabaria por se verificar que a maior parte das situações aconteceriam na melhor época, onde o risco fosse menor: os saldos.

Mas, os saldos são uma coisa temporária, não dura uma vida. E diga-se que desaparece tudo num ápice: ou se é rápido ou não se encontra o número que melhor nos cai... nestas alturas pode pensar-se se valea pena arriscar no número certo mas com um preço mais alto ou se se arrisca poder ficar sem nada. Ora na vida... ou bem se arrisca no momento certo ou então não se vê o mesmo comboio passar duas vezes seguidas naquela questão de segundos (até porque, ele não anda ao sabor das pessoas: uma questão de 1minuto pode fazer com que se esteja atrasado ou se consiga chegar a horas, meros segundos têm também esse poder).

Ora... porque perder a oportunidade por eu depois vejo?? Há momentos que
precisam apenas de um passo em frente, ainda que no escuro, mas naquele exacto momento para que tudo avance por ali. Perdem-se tantas oportunidades por se achar que temos mais oportunidades de "adquirir" o que queremos por agora não quero pensar nisso, depois. O depois que acaba por, algumas vezes, não ser "número" que sirva para o caminho que era suposto seguir. Pode haver o número abaixo, que aperta e é totalmente desconfortável, além de não deixar ar para respirar; ou o número acima que, tem tanto espaço que fica por preencher e ... sente-se o vazio, o vento a passar por entre as abertas...



Os saldos... a época certa para facilidades em abrir "os cordões à bo
lsa", sempre na mesma altura e sempre com as mesmas características;


Os saldos, as facilidades... acho que não se marcam na agenda, simplesmente ou aproveita o que se tem ou... já era! Se bem que ainda há umas quantas "promoções" que possam surgir e ser bem aproveitadas... resta saber aproveitá-las!!







Muitas maneiras de se poder ver os "saldos" para além das peças de roupa... lol

2 comentários:

Maria disse...

Sim...
Acho que na vida muita coisa é uma questão de oportunidades...
Mas também acho que não existem oportunidades únicas...
E também acho que nem sempre existe o momento perfeito... ou o momento que nós achamos (convictamente) como perfeito pode não o ser...
Mas o giro da vida e k nunca vamos ter como o saber =)

Gostei da comparação com os saldos..

Beijinho

Chups disse...

Gostei :)

Tenho mais a dizer. Concordo contigo. Sinto a vida por momentos. Para mim não existem dias mas momentos. E as oportunidades é uma forma de dividir mais as coisas ou categorizar, coisa, que não tem de ser necessariamente má.

Para mim esta frase dis muito:

"Foi. Nunca mais voltará a ser."

Tudo que é, será. Tudo o que virá é novo e único.

Não quero com isto afirmar que não discordo com a Maria, até porque, "nunca" é uma palavra muito forte.

Espero ter me feito entender.

Este foi 2º texto por mim lido. Prazer Ana.