terça-feira, setembro 11, 2007

Quartos-crescentes doces

Gosto de imaginar…
Gosto de imaginar-me no futuro…
…noutras circunstâncias…
…noutros tempos…
…noutros sítios…
…com outras características…






Gosto de imaginar os outros…
Sim, gosto de imaginar…
Hoje imaginei-me em Novembro…
Parece que estava em lua de mel! :) (já não me lembro bem da data :p)







Os “ses”…
Sou sempre atormentada pelos “ses” :)
Imagino os “ses”




P:S: Uma pequena explicação do título:

Quarto: porque imagino no silêncio da noite, no quarto, a adormecer…

Crescente: porque uma vez a imaginar as invenções desenrolam-se num crescendo de sucessões…

Doce: porque sabe bem imaginar…

Quarto-crescente doce: porque faz um bonito trocadilho com lua de mel e personifica a imaginação fértil que precedeu a escolha do título (modéstia à parte!)...

Sonhar também nos faz ver estrelas... :)


È que hoje olhei para a lua e senti-me acompanhada ( e não foi só por estrelas)…acompanhada por lembranças vagas, palavras perdidas, olhares desencontrados e toques superficiais que me fizerem arrepiar, toques que mexem com muita coisa…
Saboreei as imagens imaginadas, que em tom pegajoso…colaram em mim. E nunca mais saem…
Senti a doçura do mel que se alastra nos meandros dos sonhos…

Sonhos nocturnos… distantes… emaranhados… pouco nítidos…
Mas que nos tocam…e em jeito de empurrão nos impulsionam para a vida…

…noutras circunstâncias…
…noutros tempos…
…noutros sítios…
…com outras características…

Hoje imaginei!



E volto a ser atormentada pelos “ses”….

3 comentários:

Ana Neves disse...

Olá, minha Doce Amiga!
É bom ter-te de volta... ;)
Já tinha saudades da tua presença aqui, no blog e na minha vida...
Sê benvinda.
Beijinhos grandes!

Surpresa disse...

Que o regresso seja também um "quarto crescente"...
Beijinhos parceira

An@ disse...

Os "ses" ... um problema que atormenta as gémeas... sem dúvida! Também me sabe bem imaginar, mil coisas e situações, momentos e pessoas em tantos lugares... não sei!! Mas viver de "ses" não nos leva até longe, não nos dá um chão certo para ser pisado mas... que sabe bem enquanto se imagina... sabe :)

gosto de nos imaginar juntas, naquilo que já passamos e no que ainda está pra chegar :)