sexta-feira, janeiro 04, 2008

histórias da minha vida (III)

Tive apenas dois colegas de carteira. Um no ciclo (como lhe chamávamos) e outro no secundário. Dois colegas rapazes. Daqueles com um sentido de protecção, com um humor refinado e com quem me sentia suficientemente à vontade para barafustar, repreender se fosse o caso, dar conselhos sempre que solicitados e partilhar os meus pensamentos mais íntimos, a minha vida…





Agora que penso, os meus melhores amigos… Quem entendia quando vinha triste ou alegre do intervalo ou do fim de semana, em quem eu reconhecia os sentimentos nas expressões, quem me confidenciava as glórias e as derrotas da sua existência juvenil…
Tudo isto numa partilha de um espaço tão reduzido, mas tão nosso, apesar de nos ter sido imposto: a mesa!



Sei que nos encobríamos um ao outro nas conversas, quando os professores nos chamavam a atenção, era mesmo injusto quando os repreendiam só a eles, por serem rapazes, e eu ser a menina tímida e bem comportada da turma (talvez a cara de anjo que sempre detestei ter também ajudasse) partiam sempre do pressuposto que eram eles que me desencaminhavam…




Lembro-me de fazer com os meus pares de carteira o duo perfeito…


Lembro-me de um professor de português ter-me apelidado de “coração” e dizer que ao meu lado estava a “ razão” (não sei onde foi buscar tal ideia =)), (aliás se ele soubesse o percurso que nos esperava destituía-nos o título) o mesmo professor que nos incentivou insistentemente (um bonito eufemismo para obrigar) aos dois a participar num concurso literário…


Ele ganhou! Tinha razão no que escreveu; não se deixou perder nos sentimentos que ás vezes nos atraiçoam…Ele bem me avisava…





Mas sei que às vezes também tenho razão quando dou por mim a ser invadida por aquele sentir espontâneo!
Sei que tenho razão!
E também descobri que “a razão” tinha um grande coração =)
Não é sempre assim?

Os meus dois amigos… Grandes! Não os esqueço não! E hoje vi que eles (que não se conhecem um ao outro, mas sei que se iriam dar bem) também não fazem por me esquecer =)
Será coisa do coração?

2 comentários:

An@ disse...

:)
recordações... vejo que hoje foste percorrendo várias etapas do tempo e de memórias... de pequenos traillers que a vida tem e tantas vezes nos deixam com o olhar distante mas tão presente onde quer que nos esteja a levar! Pequenos momentos, pessoas que fazem de nós um pouco do que somos e daquilo em que nos tornámos.

A razão e o coração sentados, lado a lado... nunca imaginei tal coisa... sempre achei que andassem um pouco desencontrados e sem fazerem muita questão de se cruzar...talvez tenha andado enganada ou ... talvez nem tenha realmente parado para reparar que podem ter lugares vagos, bem juntos!

É delicioso ler-te! Sabes bem disso! E este bocadinho soube bem... acho que tirei o "dia" para te ler... e sabes que mais? VALE SEMPRE A PENA :)

*adt imenso, gémea*

Dia.. disse...

...
()

=)